Peça Curinga: Blusa Listrada!

Escrevo sobre decoração aqui, uns textinhos lá, um post sobre fotografia… Mas não tem jeito, eu volto sempre a falar de moda, porque amo esse universo. Que entre uma tendência e outra deixa passar um pouco da sua personalidade em cada look. Mas enfim, não vou filosofar sobre isso hoje. Vou falar sobre uma peça curinga que tenho visto nas ruas: As blusinhas de listras azuis! Além disso, li no livro “A Parisiense” como ela pode ser usada com muita praticidade e estilo. E, claro, eu não podia deixar de trazer umas referências pra vocês!

Incrível essa mistura clássica do nude com azul. Gostei muito da jaqueta de couro sobrepondo a blusa básica e o salto. Esses itens foram essenciais para um toque de sofisticação na produção.
Sim, essa blusa é perfeita para ir ao trabalho! Jeans e peças nudes, marrom e tons escuros caem super bem.

Para o inverno, um suéter listradinho desse jeito fica chique numa mistura de estampas, como neste look onde as botas são de onça. Destaque para o batom vermelho dando um ar vintage e navy!

Esse blazer branco é tudo de bom para usar ao dia. E o sapato vermelho é um chame a mais!

Outra combo curinga é a blusa listradinha com o blazer preto! E para looks mais incrementados invista nos acessórios: cintos, óculos, chapéu.. são todos bem vindos!
Viu só como é versátil? Uma peça tão simples e que pode fazer total diferença!
As listrinhas já conquistaram um espaço nos meus looks. Conquistaram você também?!

Anúncios

Look do Dia: Reinvento-me sempre

O Look do dia não é de hoje, mas sim o look que usei domingo para ir almoçar com uma galera na Churrascaria Quinta Rica. Aproveitei o espaço para fazer algumas fotos do look. Como o clima por aqui já está bem frio, resolvi ir com um look descontraído e ao mesmo tempo quentinho: usei uma blusa listradinha com lenço sob a jaqueta azul, legging preta, sleppers e bolsa douradinha (essa bolsa não me larga! rs).


Blusa: Hering  ♥ Lenço: Essencial  ♥ Jaqueta: Kiss  ♥ Legging: Flying Fish  ♥ 
Sleppers: Botero  ♥ Bolsa: Leader  


“Sou pessoa de dentro pra fora. Minha beleza está na minha essência e no meu caráter. Acredito em sonhos, não em utopia. Mas quando sonho, sonho alto. Estou aqui é pra viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente. Sou isso hoje… Amanhã, já me reinventei. Reinvento-me sempre que a vida pede um pouco mais de mim. Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina… E vice-versa. Me perco, me procuro e me acho. E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar… Não me doo pela metade, não sou tua meio amiga nem teu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada. Não suporto meio termos. (…)” 
-Tati Bernardi

Look do dia: meia-calça!

Embora o inverno só tenha chegado no último dia 21, aqui em Friburgo a impressão que tínhamos é que ele já havia se instalado rs! Já estava fazendo um friozinho daqueles… Confesso que não curto muito, detesto sentir frio. Gosto mesmo é do verão, mas devo admitir que é no inverno que produzimos os looks mais glamurosos, não é? Pensando nisso, resolvi abrir minha pastinha de inspirações e procurar algo que fugisse do combo calça + casaco. Então lembrei da peça que não pode faltar na estação: meia-calça! Não curto meia-calça colorida (quem sabe um dia?). Sou adepta da pretinha básica mesmo. Ela foi minha base pra montar este look.

Vestido: Chow Rio
Casaco: Zara
Bota: Arezzo
Bolsa: Victor Hugo
Brincos: Lyly Acessórios

Gente, eu não consegui tirar uma foto de corpo inteiro. Essa vida de programar a máquina, sair correndo, fazer pose não é fácil rs sorry!
Espero que tenham gostado! 
Beijinhos e até a próxima!

Decore com Kitsch

Oi gente!
Hoje resolvi falar sobre o Kitsch, um estilo próprio que ultrapassa os estereótipos e é mega original. Poderia estar falando até sobre a moda, mas hoje me refiro a decoração. Para o senso comum, o Kitsch não passa de algo banal, barato e de mau gosto que é posto na decoração. Mas na verdade vai muito além disso: É um estilo individual, com excesso de informações (seja objetos, móveis, cores e estampas), que surgiu nas décadas de 60/70 e há presença forte da pop art, uma “arte consumível”. O bacana nesse estilo é poder resgatar alguns móveis esquecidos da vovó para compôr um ambiente original e com a sua cara. Vai aderir?

Móveis coloridos, pinguim de geladeira, objetos retrô, a imagem de Buda, de Santos, jarra de abacaxi, cofre de porquinho. Nada mais característico do Kitsch. O estilo é muito alegre e colorido, e se usado corretamente (e escolhendo uma paleta de cores harmônicas) o ambiente fica incrível e pessoal! 😉

Beijos, até a próxima!

TecnoNutri

Sou o tipo de pessoa avessa à academia, por isso vivo tentando fazer dieta. O problema é que com a correria do dia a dia a gente acaba se perdendo, deixando passar a hora das refeições, enfim. Pensando nisso fui procurar algum aplicativo pra me ajudar e achei o TecnoNutri. É simples: você baixa no Google Play e monta o seu perfil (idade, peso atual, peso ideal, objetivo…). Logo o aplicativo te diz qual o seu IMC, quantas kcal você pode ingerir por dia e em quanto tempo você vai atingir o seu objetivo.

Depois é só gerar a dieta. É claro que o certo mesmo é ir ao nutricionista, que é o profissional indicado para te ajudar. Aí não é necessário seguir a dieta que o aplicativo gera. É só lançar a dieta recomendada pelo nutricionista e aí fica tudo certo. 
O TecnoNutri vai despertando ao longo do dia para lembrar o horário das refeições. Ah, além disso, se você for lançando o que come no decorrer do dia, ele faz o cálculo de quantas kcal ainda dá pra consumir. Não é o máximo?! Vou começar a usar djá! 
Mais uma vez: o ideal é consultar um nutricionista, hein. Ai o TecnoNutri atua como um auxiliar, ok! Espero que tenham curtido a dica!
Bjú

E se pudesse voltar no tempo?


Se eu me arrependi é porque fiz a escolha errada? É o que vivo me perguntando. Mas… E se não existir essa coisa toda de escolha certa ou errada? Porque, por um ponto de vista, sempre que fazemos escolhas perdemos algo.
E esse “e se…” que nunca some das minhas interrogativas. Que vem cheio de reticências. Porque entre elas, há a possibilidade de acontecer tantas coisas. De esbarrar em tanta gente, fazer tantas escolhas, viver.
E o advérbio “às vezes”. Esse é outro que não some. De tudo que escrevo sobre você, sobre nós. Esse “às vezes” tão simples, mas tão cheio de incertezas, de dúvidas e que depende de tantas circunstâncias. Ah, se alguém me entendesse.
Se eu me arrependi de uma escolha… Será que havia outra? Foi imprevisível. E ainda é. Dizem que o tempo diz tudo, que ele mostra qual era o caminho correto (se há caminho correto…), que ele desvenda as respostas da vida. Mas por enquanto o tempo só é carregado de esperas, que demoram a eternidade e parecem nunca passar.

Fico me perguntando da onde vem essa vontade de voltar no tempo. Talvez eu até saiba, mas não admita para mim mesma. Mas “e se” voltasse? “ás vezes”, eu faria a mesma escolha. E erraria mil vezes. Ou acertaria – só o tempo vai dizer.

(Joyce)

Look do dia: O que você é?

Boa noite! Até que enfim um look pra postar! o falta de tempo e gente pra fotografar é um caso sério.
Hoje fui ao aniversário de 15 aninhos da Ana Clara, minha amiga linda! Foi um almoço no Caledônia Montanha Clube. E tive a oportunidade de fotografar o look que usei para vocês verem e se inspirarem. Só não liguem pra resolução que não ficou tão boa devido a luz (já estava escurecendo).

Usei um look simples: Uma camisa branca com calça jeans (que tem a barra vermelha, amo!), blazer floral, slippers dourados de caveirinha (uma pena que não deu pra fotografar mais de perto) e bolsa lateral dourada.

Camisa: Gustavo Coelho Store   Jeans: Hering   Blazer: Rawi   Slippers: Botero   Bolsa: Leader
Usei uma make bem bacana que eu queria mostrar mais detalhadamente pra vocês, a foto não ficou muito boa ): mas usei minha combo favorita nas pálpebras: marrom e prateado e um batom vermelho incrível Make B.

O que você tem, todo mundo pode ter… Mas o que você é, ah, isso ninguém pode ser.” 
-Clarice Lispector

Espero que tenham gostado do look e se inspirem para ir em uma festa de 15 anos no inverno!
Beijinhos!
(e me acompanhem no instagram: @joycecostaa)