Minha mãe é uma peça

Sábado passado fui ao cinema conferir o filme tão comentado “Minha mãe é uma peça”. Daí que gostei tanto que tive que vir falar um pouco dele pra vocês.

Gênero: Comédia
Classificação: 12 anos
Duração: 85 minutos
Dirigido por: André Pellens
Produzido por: Globo Filmes

Sinopse: Adaptação da peça que já levou milhares aos teatros pelo Brasil, “Minha Mãe é uma Peça” acompanha Dona Hermínia, uma mulher de meia idade, aposentada e sozinha, que tem como preocupação maior procurar o que fazer. Para uma mãe dedicada a preocupação com os filhos é sempre uma ocupação, mas os filhos de Dona Hermínia cresceram, e ela está entediada. Sem um trabalho ou um companheiro, a nada simpática Dona Hermínia passa seu tempo desabafando com a tia idosa, a vizinha fofoqueira e a amiga confidente. A personagem nada caricatural quanto aos humores, gostos e ataques femininos repetirá as gargalhadas nas telas do cinema.
Minha Nota: A gente se diverte do início ao fim do filme, mesmo com partes de cortar o coração de vez em quando. É possível até esquecer da pipoca, de tão envolvente que é a história. Em meio a flash backs e momentos presentes, Hermínia dá um show de humor comentando sobre seus filhos, seu ex, sua amiga e sua vizinha. O que não curti foi apenas o final, por não ter um fim específico. Mas vale muito a pena assistir para dar boas gargalhadas. Recomendo!

Fica aí o trailer oficial:

Quem já assistiu nos cinemas pode comentar! 😉
Beijinhos!!!

Anúncios

Filmes que assisti recentemente

Oi gente! Tão bom um feriado pra dar aquela relaxada, dormir mais um pouco, fazer coisas diferentes e se renovar né? Particularmente, eu adoro haha e esse feriado veio na hora certa!
Recentemente tenho assistido a vários filmes, novos ou antigos, seja por indicações ou por ter lido sobre eles e ter ficado com vontade de assistir. E hoje decidi falar um pouco sobre cada um deles, talvez podem ser boas pedidas para o feriado! 😉

1. O Lado Bom da Vida

Vi no cinema há algumas semanas. É um filme com uma história fascinante. É mais “pesado”, mexe com o psicológico, mas mostra como a vida tem sempre o lado bom. O professor de história é totalmente um homem sem sorte, mas logo percebe que pode ser feliz, esquecendo o passado e dando um novo rumo a sua vida.
2. Lola

Este vi ontem, com direito a brigadeiro haha. Mas eu não posso dizer que foi um filme tão bom assim. Por ser com a Miley, eu esperava uma produção melhor e uma história mais envolvente. O filme é cheio de assuntos polêmicos que envolvem os adolescentes, amores, traições e brigas com a mãe. Devido a tantos assuntos polêmicos juntos o filme fica cansativo e pesado a partir de certo ponto. Embora, a moral da história é bacana.

3. O Sorriso de Monalisa

Aluguei o filme que é suuuper velho (produzido em 2003, gente!), devido a aula de História da Arte que estou tendo em meu curso de Design de Interiores. E posso dizer que é um dos melhores filmes que já vi. Agrega vários valores dos anos 50, e mostra uma mudança de pensamento da professora em relação a estes valores. Ela começa a mostrar para suas alunas um novo método de aprender a história da arte, nova maneira de viver (conciliar estudo com casamento). Mas quem anda precisando aprender sobre o amor é a própria professora. Sensacional, intrigante, emocionante e divertido!
Estou louca para assistir “Um Porto Seguro”, que já está em cartaz!
Espero que tenham gostado da mini seleção de filmes rs 
E vocês, têm assistido alguns recentemente? Me contem!!!
Besitos 

Oz, Mágico e Poderoso

Oi gente!!!
Fui na estreia de “Oz, Mágico e Poderoso”. E achei uma boa ideia dividir um pouco do filme com vocês.

Título Original: The Great and Powerful
Gênero: Aventura/ Fantasia
Classificação: Livre
Duração: 127 minutos
Dirigido por: Sam Raimi
Produzido por: Disney

Oscar Diggs é apenas um mágico de um circo itinerante, quase nada confiável, que usa sempre a mesma tática para conquistar as mulheres – uma caixinha de música.
Transportado para um mundo mágico e desconhecido – a cidade de Oz – ele conhecerá três bruxas (Theodora, Enora e Glinda) e terá que lidar com a batalha entre elas para salvar a cidade. Oz tenta enfrentar Glinda, que ele acredita que seja a bruxa má, porém seu comportamento não se parece em nada com alguém realmente má. Logo, Oz se vê cercado de riquezas e sem saber quem é do bem e do mal, em um mundo cheio de criaturas estranhas e mistérios.
Ele não é o Mágico que todos esperavam, mas o que eles precisam.
Oscar vai usar todos seus lados ditos “negativos”, como dissimulação, ilusão, farsas e mais a sua criatividade para salvar o simpático povo de sua cidade das maldades de poderosas vilãs. E também contará com a ajuda inusitada de Finley, um macaco com asas, e uma boneca de pocelana.

Minha nota: A história é simplesmente linda. Oz me surpreende com suas atitudes e mudança de pensamento em meio às situações inusitadas que aparecem em seu caminho. Sem falar que não precisaram de armas poderosas para destruir o mal. Apenas boas doses de criatividade e inteligência. Glinda também me surpreende  por acreditar que Oz pode ser o mágico que toda a cidade precisa para ser salva. Vale conferir o filme, a história é super elaborada e traz mensagens do tipo: Confie em si mesmo. Todos possuem um lado bom, basta saber enxergar. E você deve agir com o coração, as armas nem sempre são necessárias.

Fica aí o trailer para quem quiser conferir mais um pouco sobre:
Espero que vejam e curtam tanto quanto eu! Não se esqueçam a pipoca! haha
Um beijo!