Cosplay por acaso

O post de hoje é um pouco (bastante) diferente. Ontem saí com a minha irmã e com uma amiga que trabalha comigo e nosso plano era apenas fotografar uma as outras no Country Club, um parque lindo daqui da cidade. Mas chegando lá, vimos uma movimentação de pessoas bem diferentes do comum. Daí eu percebi que estavam de Cosplay! Pirei, gente! Não que eu leia/ assista mangá. Mas particularmente eu adoro personagens e movimentos culturais diferentes. Já vi em blogs por aqui (olá, Vinte e Poucos), o movimento de Cosplay que há no Rio Grande do Sul e fiquei encantada. Dessa vez essa nova cultura pareceu bem pertinho de mim. E tive a oportunidade de trazer pra vocês, cliques de partes do ensaio fotográfico deles!

Tatoo de “Alice no País das Maravilhas” 

Perguntaram se as crianças queriam tirar fotos com eles. Imagina quem levantou a mão?! hahaha

As meninas com meus cartõezinhos de visita do blog 

Logo depois, vimos a Valente! haha fofa demais! 

Cliques e edições de minha autoria! Espero que tenham curtido tanto quanto eu! (: 
Beijos, até a próxima!


Ps: Meninas do cosplay, não achei a fan page de vocês. Comentem aqui para eu divulgar!

Minhas escolhas na XVI Bienal do Livro

Oi gente! Antes de tudo quero pedir mil desculpas à minha falta de interação. Mas é que agora eu não sou uma pessoa à toa estou trabalhando e ter um tempo para fazer posts e interagir não é fácil. rs Também continuo com meus cursos além de período de provas na escola e minha vida não para, tá uma loucura! Mas finalmente tive tempo de vir postar (mesmo que o post esteja um pouco atrasado. Sorry!)

Essas foram as minhas escolhas: Cidades de Papel (John Green), Brilhos (Sophia Bennet), O Retorno do Jovem Príncipe (A. G. Roemmers) e Desenho de Moda no Corel Draw (Elá Camarena). Vamos às sinopses!

Cidades de Papel – “Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava conhecer.”

Coments: Eu levei “Cidades de Papel” porque o livro já estava na minha wishlist e além disso falam super bem dos livros de Green! Quero ter a oportunidade de ler todos!

Brilhos – “Crow está vivendo o sonho de ser estilista. Nonie fisgou a atenção de um garoto maravilhoso. Jenny ensaia agora sua nova peça. Edie, porém, está com problemas…
Em meio à euforia com a chegada da primeira coleção de Crow às lojas que vestem as garotas mais antenadas de Londres, surgem sérios rumores de que as tão cobiçadas roupas vêm sendo produzidas à custa de trabalho escravo de crianças na Índia. Não pode ser, claro… Ou será que pode? 
Na dúvida, as amigas topam ir lá conferir. Lá, elas descobrem não só a explosão de cores e brilhos, mas  também se deparam com uma grande questão: o que vale mais, seus sonhos ou seus ideais?”

 Coments: Eu comprei esse livro por 5 reais! Repito: 5 reais! Na Intrínseca. Eu tenho o primeiro, o “Linhas”. Tem muito a ver com moda e a história é sobre três amigas e principalmente Crow, que desenvolve uma coleção incrível! Acredito que este segundo livro seja melhor que o primeiro. 


O Retorno do Jovem Príncipe – “Como tantos que leram O Pequeno Príncipe, eu também captei a simplicidade de sua mensagem e compartilhei a tristeza de Saint-Exupéry quando o herói-criança, que alcançara as profundezas de meu coração, foi obrigado a retornar a seu asteroide. Muitas vezes perguntei a mim mesmo, o que aconteceria a essa criança tão especial se continuasse a viver entre nós. Como seria sua adolescência? Conseguiria preservar a inocência de seu coração?”, indaga o poeta argentino A. G. Roemmers.Roemmers retoma no livro discussões éticas sobre a experiência humana e aborda temas ainda cruciais à humanidade, como guerras, crises econômicas, fome e consumismo. “Durante o percurso da viagem fictícia, o Jovem Príncipe pergunta se há muitos caminhos no planeta Terra e se não ocorre aos homens procurar no céu a orientação. Sempre há problemas e os caminhos para superá-los”, afirma o autor, também influenciado pelo personagem em sua infância.”

Coments: Esse livro eu queria há dois anos atrás! na Bienal antes dessa que eu fui haha. Estava em média 18 reais e dessa vez paguei 5 na Objetiva! Não ouvi muitos comentários sobre o livro, mas como sou apaixonada pelo Pequeno Príncipe de Antoine de Saint-Exupéry, comprei esse para ver como é!


Desenho de Moda no Corel Draw – O design de moda é um campo fundamental para o profissional que se dedica ao vestuário e seus acessórios, dando-lhe oportunidade de exprimir no desenho seus talentos e sua criatividade. O CorelDRAW é um software que permite essa facilidade e o deixa apto a atender as exigências do mercado. Desenho de moda no CorelDRAW X5® apresenta instruções passo a passo, com explicações que partem da compreensão de elementos do vestuário, e é ilustrado com as telas do software para auxiliar o aprendizado de cada etapa. Esta publicação é destinada a estudantes, profissionais, professores e interessados em moda em geral. 
Coments: Comprei este porque quando minhas amigas viram na Editora Senac, lembraram de mim na hora e quase me obrigaram a levar! hahaha Brincadeiras a parte. Mas a verdade é que será muito útil para uma futura web designer e estilista (eu), quem sabe!
Essas foram minhas escolhas – poucas eu sei, mas infelizmente não tinha muito dinheiro pra levar #fail..
Qual foi a sua escolha? E o que achou das minhas? Conta aí! 😀
Beijos!

Photography: Bienal do Livro

É tão bom quando a gente viaja para espairecer a cabeça, se divertir e ainda poder se embriagar de cultura… Foi bem assim a XVI Bienal do Livro no Rio. Fui na última sexta-feira (não deu para ir sábado, mas quem sabe não vou outro dia além de sexta…) e o evento estava incrível. Como já disse por aqui, é a terceira vez que compareço e, posso dizer que foi uma das melhores! Fotografei alguns ambientes, stands e lançamentos pra vocês ficarem com um gostinho.

O stand da Novo Conceito estava digno! O mais lindo de todos!

Fiz uma seleção de próximas compras. Com certeza Aconteceu em Paris, Tipo Destino e Bem Mais Perto entraram pra wishlist! E olha aí Anna e o beijo francês ❤ #coisalinda

Nesse estande aconteciam eventos como contação de histórias.

Mais alguns livros lindos e que me parecem perfeitos da querida Emily Giffin! Estou lendo atualmente Laços Inseparáveis (pretendo fazer a resenha) e quero ler os demais livros dela pra coleção!

Falando em Emily Giffin, olha só o lançamento dela aí: Uma Prova de Amor. E eu ali atrás de bolsa verde rs

Refém da Obsessão *-* #wishlist!


Tive a oportunidade de conhecer Mariana Carvalho. Nova escritora da Novo Conceito, promissora. Escreveu “Simplesmente Ana” e “Ela é uma fera”. Mariana é super simpática e uma linda!

Livros de Moda ❤

Essas capas de livro me encataram, muito amor!

Alemanha foi o país homenageado na Bienal esse ano! Incrível o stand contendo livros do país, cenários retrô e muito mais.
No stand da Seguinte você podia se vestir como a princesa de A Elite ou A Seleção! hahaha
Stand fofo da Editora Senac. Orgulhinho porque faço curso em uma das instituições da empresa! rs
Deu vontade de levar, mas pelo menos ficou na wishlist! rs

Designers das capas fofas com guarda-chuvas de poá .

Cenário de uma cidade, fofo! Era um espaço de jogos para as crianças *-*

Desenhos de autores super famosos! Amei o stand!

Entrei pra gangue de Hollywood, só que não hahaha

Livros que também entraram pra lista: todos de John Green! Só levei “Cidades de Papel” do autor. Ainda irei fazer um post sobre as minhas aquisições da Bienal. Aguardem! espero que tenham curtido as fotos. 
Eu e Lu ao sairmos do evento. Ignorem minha cara de cansada!
Ficou com vontade de ir? A Bienal fica até dia 08 de setembro, no Riocentro. Não perca! 😉

Photography: Tarde de Domingo

Oi genteee! Última semaninha de férias, então a gente tem que aproveitar né?
No último domingo (ontem), fui a casa de um amigo com a minha família e passamos o dia por lá! Como é bom a gente se desligar um pouquinho da rotina… E como o lugar é lindo, não poderíamos deixar de pegar uns cliques e trazer aqui pro cantinho “photography” do blog 😉

Sim, casinha na árvore! Coisa mais lindinha 

Detalhes dos brincos de coração e colar em forma de perfume chanel 

Voltando a ser criança em um balanço. Quem não gosta? 
Tentativas desastrosas de pular hahaha 
Flor mais linda que eu não sei o nome 
Minha fotógrafa, ou melhor, minha gêmea. Obrigada pelas fotos, irmãzinha! 

Com essas fotos, quero deixar a vocês:
Sorriem! Sim, independente do que esteja acontecendo em suas vidas, independente do que os outros acham de vocês. Sorrisos abrem portas!

Um Beijo! 

Photography: Cidade Maravilhosa!

Olá, galerinha! Nessa última sexta-feira (10/05/13) fui ao Rio de Janeiro com o pessoal da escola praticamente sem rumo; na verdade tentamos ir para a Bahía de Guanabara, mas não deu certo (longa história!). E acabamos mudando o roteiro e indo de encontro ao Cristo Redentor e logo, um rolé no shopping de São Gonçalo e da Tijuca. Apesar dos pesares, deu tudo certo e a viagem foi incrível! Lá vai uns cliques para vocês se inspirarem!


Essa foi mega espontânea! eu estava apenas me arrumando rs

Meu look, bem simplesinho. Composto por uma blusa listradinha, calça jeans, tênis de oncinha e jaqueta de couro azul.  já que prefiro não me encher de acessórios em viagens e me sentir mais a vontade pra andar bastante.


Essa foto tem uma história bacana: Nosso grupo de amigos, ao invés de correr pra almoçar, foi parar no 7º andar do shopping da Tijuca (nunca tínhamos ido lá). E foi mega divertido, com direito a muito sol e fotos hilárias.
 Para ir ao Cristo, precisamos esperar esse trem passar. Pena que pelo caminho só vemos mato. 
Só bem no alto que temos direito de contemplar uma paisagem incrível!

É bom demais depois de tanta escada e uma longa subida (não vimos que havia escada rolante e elevador), dar de cara com essa paisagem magnífica! É, realmente, a cidade maravilhosa!

A vontade que dá é de ficar somente olhando para o céu e se perder naquele azul todo que vem ao seu encontro. Demos muita sorte pelo dia que estava tão lindo! Deus é realmente perfeito naquilo que faz!

Não podia faltar o principal da história: O Cristo!
A fotinha de praxe! rs quem não tira uma assim?!
Daphine e Nicole posando para a foto comigo haha criativa, não?! curti demaaais!


Depois de andar pelo shopping de São Gonçalo, voltamos para a casa e vimos a Cidade Maravilhosa toda iluminada ao anoitecer! 
Foi incrível nosso passeio sem rumo. Mesmo que meu almoço tenha sido hambúrguer (com molho de ervas que eu detesto) e fritas do Bobs. Haha Achei a comida bem industrializada, não to acostumada! dei muito valor a comidinha caseira daqui da cidade. O bacana foi ver turistas estrangeiros por todos os lados no trem do Corcovado e no Cristo Redentor. Passamos na Marisa e comprei uma t-shirt com a bandeira do Reino Unido linda de viver (mostro logo logo em look do dia! – pois é, só assim pra ir em loja boa de departamento; aqui em Friburgo não tem Marisa!). Valeu muito ter ido! Quem nunca foi deveria ir pelo menos uma vez!
Beijinhos! Joyce.