Da Roma Antiga à Atualidade: Gladiadoras

As Gladiadoras surgiram nas Arenas da Roma Antiga e eram usadas pelos gladiadores. Antes com tons terrosos e fivelas, tinham tiras grossas de couro e algumas iam até o joelho.
Não adianta correr delas. Em cada temporada as Gladiadoras tomam conta dos nossos corações e closets com suas novas versões e releituras dando um up na produção com as demais tendências.
Que tal se inspirar em looks atuais?

As Gladiadoras que bombaram dessa vez foram as de salto e tiras bem fininhas. Não podemos esquecer que, em algumas versões, aparecem com tiras maiores e não são de amarrar.

Não tem mistério, as gladiadoras combinam com shorts, saia, vestidos curtos, longos… sim! elas são mega versáteis! Mas fica um conselho: além de versáteis elas são sexys, ou seja, não vai ficar bacana combinar um vestido fofíssimo com um salto desses, é gafe na certa! Esqueça o estilo girlie (menininha), e escolha looks de mulher poderosa e fina: blazer, saia com babado, estampa de onça, entre outros.

Adorei esse look todo trabalhado nos detalhes! O casaco é mega sofisticado e a saia é muito glamour!

Short dourado é uma boa pedida com gladiadoras pretas!

Um toque de cor e demais peças neutras: perfeita combinação!

Minimalista na escolha de camisa, blazer e saia: todos lisos. A estampa ficou por conta da máxi clutch!
Eu usaria tranquilamente numa festa a noite, mas ao dia… ainda não tenho esse poder todo, sorry! rs

E você? Pronta para se jogar nas gladiadoras? 😉


Creepers do amor!

Oi, gente!
O tema de hoje são os tão comentados creepers. Foi ano passado que tive o primeiro contato com esses sapatos e, pra ser sincera, nem sabia que se chamavam assim. Passei a minha lua de mel em Montevidéu e por lá era só o que se via. Meu marido até falou “compra um, às vezes a moda pega no Brasil e você já está adiantada rs!”, mas eu os achei tão, mas tão feios que passei longe. E para minha surpresa, agora eles estão em alta, BUT existem modelos e modelos, né! Aqueles com a plataforma enorme, eu continuo achando meio assustadores.
Tipo esses aqui:
Não gosto nada, nada!
Vocês devem estar se perguntando, então, o porquê do título “creepers do amor”, se até agora eu não fiz um elogio ao bendito sapato rs! Aí vai: eis que andando pelo shopping, resolvi dar uma passadinha na Dona Ephigênia e… achei o creeper mais lindo da vida! Ponto pra mim. E eu gostei tanto dele exatamente porque não parece um creeper hahahaha! É mais um mocassim com uma sola generosa!
O que vocês acham? 
Bjo bjo